Eu sempre falo com minha Deusa.

 

Seja antes de tirar as cartas do Tarot. Seja antes de botar o pé na rua. Seja antes de aceitar alguém em minha vida, seja quando estou feliz… e certamente quando choro.

Sou muito forte para muitas coisas, mas sou o dobro de mole para muitas outras.

Era um dia qualquer, com um drama qualquer de uma libriana… muito, muito imatura.

 

Não vou lembrar exatamente o que tinha me deixado apavorada, que me levou a orar sem parar, pedindo proteção. Foi algo no trabalho, afinal, desde que comecei a trabalhar, com uns 15 anos, o trabalho foi o que mais me assustou na vida… hehe…

Era madrugada, e eu nem ia para a cama, com medo do outro dia…. Ansiosa. Chorando.

Oh, minha Deusa…

Oh Sekhmet…

Tira essa aflição de mim…

Transforma no que Tu quiser

Só me deixa dormir

Estou exausta, estou sem forças

Me dê uma Luz, minha Mãe

 

Basicamente eram essas as palavras que eu repetia. E pensava nela. Naquela juba de fogo voando na minha frente. Meu Escudo Celestial.

Então ela me fez ir para a cama. Me fez dormir em minutos… O que é algo muito interessante, já que, até hoje, se estou ansiosa, é mais fácil virar o dia e seguir com 36h, 48h acordada, mas não durmo…

No outro dia, acordei muito depois do que costumo acordar. Certamente atrasada para o trabalho. Só que ela não me deixou sair. Tudo acontecia de errado.

Eu xingava até o Universo. Que diabos! Eu preciso de ajuda e vocês aí não vão fazer nada?!

 

Lembro que me atrapalhei de uma forma absurda, que levei mais de 2h para me ajeitar. E quando estava na porta… Recebi uma ligação. Era meu chefe falando do problema que eu estava assustada. Ele tinha resolvido. Descobriu lá a causa de tudo e pronto. Eu estava livre. Pediu desculpa por me deixar apavorada. Disse que eu devia tirar o dia pra ficar em casa mesmo, uma forma dele pedir desculpa.

 

Olha, eu me ajoelhei depois para pedir desculpas à Sekhmet, ao Universo.

Fiquei tranquila. Voltei a dormir…

Não sei o que teria acontecido se eu tivesse chegado no trabalho na hora de sempre… Talvez visse algo desagradável… Talvez fosse acusada de algo que não fiz, e no calor da discussão, acabasse sendo demitida… Enfim.

Não sei.

Só agradeço pela proteção que tanto pedi.

 

Um abraço a todos!

 

Rosea Bellator
E-mail: oficinadasbruxas.odb@gmail.com
Youtube: Canal Oficina das Bruxas

 

Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem prévia consulta e aprovação do autor.